sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Adeus... querida amiga R.A


-->
Que venha o sol
Para o mundo docemente beijar
Para todos aqueles que sofrem
Suas dores para sempre terminar
Para em cada criança esfomeada
Seu vazio estômago alimentar
Para que em cada lar
De harmonia se possa sempre respirar
Para todos os ódios
Deste mundo eternamente incinerar

Que venha o sol
Para aqueles que de nós se despedem
O caminho de volta lhes possa ensinar
Para aqueles que em silencio amam
O seu anónimo amor vir a revelar
Para todos prisioneiros de consciência
Suas invisíveis grades derrubar
Para aqueles que na sua obstinação teimam
Seus intentos possam hoje alcançar

Que venha o sol
Para que nesta tua ultima viagem
Ele teu, sempre presente e lindo sorriso
Inequivocamente venha a perpetuar
Para… este teu grande amigo
Seu tão profundo sofrimento
Em singela e sentida poesia transformar
Para em cada letra, eu a tua memória
Na minha pequena alma eternamente guardar!

Que venha o sol
Para estas minhas amargas lágrimas
Ele me poder ajudar a limpar...
Adeus… Minha querida amiga R.A
Jamais o meu pensamento te irá olvidar
Em memória de mais uma vítima de cancro
(Rosa Azul)
12/11/61 – 20/12/09








Imagem By net - Google

A.Soares (apollo-onze)

3 comentários:

Lice Soares disse...

Lindo! não posso chamá-lo apenas de poema, não posso dizê-lo tão somente uma belíssima homenagem. É muito mais que isto, é uma linda e profunda oração.
Parabéns, amigo.

FatinhaMussato disse...

Linda oração em forma de poesia que jamais será esquecida por nós, que somos teus amigos!
Que a linda Rosa Azul a alcance com todo o carinho que aqui transparece!
Beijinhos n'alma!
Sua amiga/irmã, Fatinha.

EternaApaixonada disse...

Linda homenagem à Rosa Azul, que hoje brilha no lugar de paz!
Emociona...
Beijos da sua nova seguidora cá do outro lado do mar,
Helô Spitali

Postar um comentário