sábado, 3 de outubro de 2009

Talvez... Um Breve Adeus!

Vou deixar a lua por uns tempos descansar em paz

E com sol também deixar-me de intrometer

Vou a minha estrelinha aos céus em paz devolver

E deixar assim de pensar naquilo que acho não ser capaz

(de certo sonho convencer)

Vou ao silêncio por uns tempos me remeter

Pois não quero mais os meus amigos enfadar

Com os meus repetitivos textos do meu obsoleto sonhar

Que obstinadamente na minha alma eu teimo suster

Irei no entanto sempre os meus amigos continuar a ler

E sempre com enorme prazer os seus textos comentar

Resta-me a todos vós assíduos leitores, mil obrigados dar

E aos meus amigos(as) pedir que nunca o deixem de mim, o ser

A poesia é bela e, ninguém o contrário poderá dizer

Ela é o alimento puro daquele(s) que nos sonhos teima(m) em acreditar

Por quiçá, nesses sonhos obter o ânimo necessário, para a vida enfrentar

Ou no mínimo, um minuto de cada vez, em cega esperança feliz viver



"Eu não sou poeta
Talvez um lírico sonhador
Eu não sou o profeta
Talvez seja seu seguidor

Eu não escrevo poesias
Talvez só cartas de amor
Eu não sou romancista
Talvez seja um apaixonado leitor

Eu não sou ficcionista
Talvez um livre-pensador
Eu não sou um idealista
Talvez seja um alienado inventor

Eu não sou diferente
Sou um comum e mortal pecador
Eu não sou um dissidente
Talvez seja um silencioso conciliador

Eu não sou um conceituado escritor
Talvez seja apenas, um inusitado autor
Não escrevo desesperado por, um prémio, ou louvor
Escrevo apenas e só, por prazer seja aquilo que for!"

(Este é o meu único "alimento" para os meus mal intencionados críticos.)

Bem-hajam por tudo.
Mil poéticos beijinhos e respeitosos abraços a todos vós e... até ao meu breve (ou não) regresso.

A.Soares (apollo_onze)

8 comentários:

Anônimo disse...

Meu querido amigo Soares!
Embora eu, reconheça que tu és uma pessoa extremamente sensível, no entanto, e na minha modesta opinião, acho que tu, não deverias dar ouvidos a certos e injustos ataques que certa(s) pessoa(s)tem por hábito fazer-te. Pessoa(s) que não tem noção que "o sonho é uma constante da vida", pessoa(s) que nem de longe nem de perto jamais se equiparam a tua fincada personalidade, pessoa(s) que apenas conseguem ser felizes no seu continuo estado de frustração.
Acho que deves simplesmente ignorar essas pessoa(s) dando-as ao desprezo que elas só merecem ter. Olha apenas para a grande quantidade de amigos e fãs e o imenso carinho que todos eles aqui tem-te demonstrado. Penso que tu "tens obrigação" de retribuir-lhes essa enorme afectividade que eles nutrem por ti. E para isso só tens que continuar a ser igual a ti próprio e principalmente continuares a acreditar cegamente nos teus sonhos!

"Os cães ladram e a caravana passa"

Espero boas e poéticas notícias tuas, o mais breve possível.

Um grande beijo carinhoso todo ele carregado de incondicional solidariedade à tua magnífica pessoa que na verdade tu és.

A.L

Lice Soares disse...

Oh, meu poeta!
Ouça sempre a tua alma, o teu coração!
Esqueça teorias, falsos dizeres, os rumores lá fora. É, na tua alma de poeta que o encanto se faz e que somente os corações de outros poetas sabem ouvir e explicar.
estamos no tempo do supérfluo, do "quase". Mas não conseguiremos ser metade, seremos sempre tudo, porque a nossa alma carrega o canto que
canta o belo e o beolo é tudo.
Continue sonhando, meu poeta. Avante! Não deixas que te calem. Continua a cantar, ordeno-te com o direito que a condição de admiradora me dá.
Bjs

Anônimo disse...

Tu és uma pessoa muito sensível,escreves nos teus poemas o que sentes na tua alma, de uma maneira que é muito linda de ler.
Não dês a tua importância, a quem não a merece
só quem é insensível e frustrado/a, da vida , não consegue ler e compreender a beleza dos teus poemas.
(Infelizes daqueles que estão contra tudo e contra todos, pois certamente que tudo e todos estarão cheios deles.)
Quem tem a sorte de te conhecer sabe o ser humano maravilhoso que tu és, o mundo era tão belo se nele só habitassem pessoas lindas como tu. É que o mundo esta cheio desses falsos moralistas, que pensam que só eles são a verdade, e que a opinião e o sonho dos outros não contam.
Nós que te admiramos, merecemos continuar a ler os teus belos poemas.
Adoro te meu lindo poeta.
Beijo no teu lindo coração C.Q

FatinhaMussato disse...

Amândio, amigo e poeta estimado e admirado por mim e por todos os teus inúmeros fãs!

Tens uma linda e sensível alma, que consegue transmitir emoções a todos os teus leitores, admirada por muitos de nós, invejada por aqueles poucos, portadores de sentimentos mesquinhos e maldosos...

Continua teu sonho, partilha com os que te amam (que somos muitos) tuas emoções e não te importes com aquel'outros (raros) que gostariam de ser como tu, mas não coneguem, pois falta a eles, bondade e pureza no coração!

Nós te amamos e não queremos tua partida!

Beijinhos fraternos em teu lindo coração!

Tua amiga/irmã do Brasil,

FatinhaMussato

Rosa D Saron disse...

Meu caro amigo Amândio,

Como a"Rosa" venho hoje deixar-te o perfume da esperança viva em teu cantinho que de tão lindo e acolhedor recebes teus amigos e por eles é adimirado...

Triste e lamentável o que a ti sucedeu...
Lamentável porque "tal"pessoa que usa de "anonimo"para defamar-te,é nada mais que um infeliz que deve estar com a alma negra,talvez pela dor,pela inveja,rancor...

Digno ele é de pena(ele ou ela)pois anônimo não se sabe quem é...
Triste porque tal pessoa leva para o público coisas que deveriam ser tratada no reservado,se esta pessoa tem algo contra ti,que se apresente tal como é,ao invés de usar de covardia e em disparate ofender tanto a ti como aos teus amigos...

Ha...gostaria de saber quem é essa pessoa,talvez esteja precisando de ouvir palavras de carinho,palavras de conforto,pois deve estar tão fechado na amargura que precise de uma luz do perfume da vida,do amor,amor vindo lá do alto céu...
Talvez precise de uma amiga que possa mostrar-lhe o caminho para trilhar...
Como pode uma pessoa andar sem rosto,sem coração,sem sorriso,se amor no coração?
Triste é a alma dessa pessoa,pois deve andar rodeado de pessoas que lhe ensinou só o lado negro da vida...

Sim...meu amigo Amândio...esta pessoa não sabe nada sobre a pessoa que tu és...por se deixou levar pela amargura,,,perdoa-esta pessoa e segue sua vida junto aos teus amigos que te amam e respeitam...
Nunca estará só!

Tudo que aqui deixa escrito tem sua marca,sua beleza de coração,de alma...
Olhe agora com os olhos da esperança e esqueça as coisas insignificantes que em teu caminho cruzam...

Solte o sorriso,deixe ele voar,abra teu coração e deixa a paz voltar,agarre-se na alegria e diz adeus a pessoas como essa...

Sempre terá aqui o respeito de seus amigos...
E como considero-me um deles,deixo aqui o meu carinho em forma de flores perfumada que da "Rosa" exala...

Tenha paz!
Beijos doces e carinhosos!
De sua sempre amiga,
Rosa D Saron

REGGINA MOON disse...

Eu não sou diferente
Sou um comum e mortal pecador
Eu não sou um dissidente
Talvez seja um silencioso conciliador

Querido amigo,

Voce é um grande Poeta, tem o dom da escrita e de encantar a quem o lê...

Volte sempre, seus escritos são lindos!Parabéns!As críticas fazem parte e dão mais força para que continue sempre...

Um grande beijo,

Boa Semana!!

Reggina Moon

Cris disse...

Apollo...
Quando você se sentir triste, desanimado, olhe à sua volta, contemple a natureza que a rodeia, perceba em sua perfeita integração a presença de Deus, e você saberá que nem tudo está perdido, que o mundo em que vivemos é um lugar maravilhoso e que sempre existe esperança de dias melhores. Afinal, quer coisa mais bonita do que poder ouvir o canto dos pássaros, o barulho de uma cachoeira?
Faça sua parte! Seja feliz!

QUE NOSSA SENHORA... Te ilumine.....
Uma ótima semana......

bjussssssssss

Chá das Cinco disse...

Eu não acreditei no que eu li, você escreve muito bem, as tuas palavras são sinceras.
Acho que por hora te falta inspiração, tenho certeza, essa decisão é por pouco tempo.

Quero agradecer o teu comentário, você sempre me presentea com lindas palavras.Gosto de ler os teus recados, me faz muito bem.
Bjs meu amigo

Postar um comentário