sábado, 30 de janeiro de 2010

Era uma vez...

Era uma vez…

Uma bela e mimalha flor feminina

Que habitava num enorme jardim tropical

Certo dia uma nuvem negra sobre ela pairou

Daquelas que quase sempre escondem más notícias

E durante alguns meses ela assim, continuou

Fazendo com que, a bela e mimalha flor se muito sentisse mal

Tanto, que ela até, quase por completo murchou

Mas isso felizmente não chegou a acontecer

Porque para além dos seus entes familiares queridos

Também alguns dos seus verdadeiros amigos

Apoio e imenso carinho estavam sempre a lhe oferendar

E assim, a bela flor decidiu então, a nuvem negra enfrentar

Ora umas vezes mais confiante e arrebitada

Outras, mais cautelosa e debilitada

Até que um dia…

Aos poucos e poucos a nuvem negra se dissipou

Eis então que um dos seus melhores amigos de sempre (o sol)

De novo suas lindas e perfumadas pétalas beijou

Numa enorme e incontida alegria

Por voltar a saber sempre que no lindo céu azul ele volte a despertar

Aquela bela e mimalha flor daquele grandioso jardim tropical

Á sua espera estará, para seus ardentes e afectivos raios de sol

Com enorme jubilação e prazer ela, de braços abertos os receber

Para a sua invejável beleza e vitalidade a cada dia vir a rejuvenescer

Hoje…

Felizmente a bela e mimalha flor continua ainda a recuperar

E mesmo que a tal nuvem negra volte de novo aparecer

Ela certamente que heroicamente a voltará afugentar

Pois mesmo que um dos seus melhores amigos (o sol)

Não a consiga por alguns tempos vê-la para muitos mimos lhe dar

Ela… sabe perfeitamente que ele, dela, jamais irá se esquecer

Pois a amizade é algo que muitas vezes não se consegue ver ou tactear

No entanto… ela está sempre omnipresente no nosso aleatório pensar.

E assim…

Verdadeiros e felizes amigos eles… irão para sempre viver.



FIM



(Desculpe minha querida amiga RosaDsaron, esta minha pobrezita história de afecto mas… escrevia-a com muito carinho e sincero espírito de solidariedade para consigo. Desejo-lhe uma rápida e indolor recuperação pois, os teus fãs estão todos ansiosos pelos teus novos lindos e líricos textos voltar a ler, apreciar e a comentar. Mil poéticos beijinhos deste seu sincero amigo que… se fosse um sol, todos os dias eu, abraçava e beijava com imenso carinho e alegria, todos aqueles que me são muito queridos.)


Escrito em, Herning (Dinamarca) 26-01-10
Postado em, Orleans (França)

3 comentários:

Chica disse...

Lindo teu texto e daqui, mando também meus desejos de plena recuperação pra tua amiga Rosa! abração,tudo de bom,chica

Anônimo disse...

Pois é... E quem tem amigos como tu "arrisca-se" a não só jamais ser esquecido por ti como também, ser assim de uma forma tão pura e carinhosa, a ser mimado principalmente numa altura menos boa que infelizmente todos nós mais tarde ou mais cedo acabamos por vir a passar.
Desejo as maiores felicidades à tua amiga e que não se deixe nunca vencer pelo desanimo.
E para ti meu querido poeta amigo aquele beijinho sempre muito especial de enorme carinho e devoção pelo tua tão linda forma de seres.

Ana Liza

Solidão disse...

Amândio...

Aiaiaiai...O que dizer?
É a coisa mais linda recebida até hoje nesta minha vida!
Deixaste-me em lágrimas...mas...foi de felicidade,alegria mesmo...

Que tu eras um amigo eu já sabia,mas hoje se tornou mas do que "amigo" se tornou mesmo o sol que dá vida!

Eis aqui a prova viva que uma amizade pode representar mesmo numa distancia como a nossa...isso faz de nossas vidas um mar de esperanças,nos enche de felicidades,e nos leva a atravessar um portal no tempo invizível de nos mesmo a encontrar este "sol" que por dias se esconde atrás das nuvens,mas que tão sentidamente sabemos que ele está ali nos vigiando,acarinhando,cuidado,e esperando o momento certo de voltar...

Tu és mesmo um sol em minha vida,pois quem tem amigos como tu está sempre iluminado...

Sabes...eu estou mesmo muito emocionada com este gesto de carinho...e sem conter, as lágrimas descem pelas faces em forma de cascata banhando meu sorridente rosto...

A vida me ofereceu uma nova oportunidade para poder contemplar o Sol,as estrelas,o céu,a chuva...e receber um amigo tão amado por esta amiga"Rosa"que nunca irá murchar enquanto em sua vida existir um Deus que tudo pode,e de amigos como tu"sol"...
Meu amigo,obrigada por este carinho,por estas lindas e ternas palavras ,eu as guardarei eternamente em meu coração,serão perpetuadas em mim,e tu sempre morará em meu simples coração...

Vou levar ele comigo,já que és meu...
Abraços mil,e estou aguardando teu regresso com saudades mil!
Beijinhos doces...
Sua sempre amiga...
Rosa

Postar um comentário