terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Amor Perfeito



Amo | Upload Music










Quando digo… amo-te!
Digo-o… sem medo ou… hesitação
Porque só eu… consigo escutar e perceber
Os abafados apelos por amor… do teu coração!
Quero ser teu… no imediato do meu pensar
Quero-te ao meu olhar a cada segundo prender
Ser… o adornado caminho que tu venhas a escolher
Ai! Bate forte… muito forte este meu coração…
Sempre que tu… me fixas com o teu celestial olhar
Soam alto…muito alto os gritos da minha paixão
Sempre que eu… absorvo a melodia do teu falar
Ou simplesmente… a brisa quente do teu respirar
Ai! Como eu amo tanto a tua tão angélica forma de ser
Como amo tanto… o perfume primaveril do teu corpo
Como eu… desejo tanto teus doces lábios beijar
Quando digo… amo-te!
É porque… só eu te poderei amar
Porque só tu… este meu apaixonado coração
Sabes como… noite e dia de felicidade o preencher
Porque só tu… a palavra AMO-TE…
A consegues com facilidade extrai-la do meu coração
E com ela tão eximiamente, os meus lábios adornar!

Amo-te… Amor Perfeito!



(A ti… minha Deusa do Amor)




Musica By Axel Fernando in -Amo-

Imagem by -Google

4 comentários:

Anônimo disse...

Começar o ano com uma leitura desta ai...ai... o meu coração fica tal e qual como uma vela de cera ao pé de de um grande braseiro. Quanto romantismo aqui descrito e adornado com uma bela imagem e uma melodia divinal! Queres um conselho? Esconde-te pois, corres o serio risco de mais dia menos dia, vires a ser raptado por uma mulher com o coração no estado, em que está o meu neste preciso momento. Rrsrsr!

Bom Ano 2011 querido amigo Soares, que a tua paixão continue assim, tão linda e escaldante.

Beijinhos fofos para ti.

Anônimo disse...

Beijo meu amor perfeito

Flávio Miguel Mota Pereira disse...

Grande amigo, devo te relatar que começei a ler a tua obra e se retirarmos os erros que ás vezes te esganam um pouco os poemas mas poucos que até agora tenho encontrado temos o que eu já previa: o amor é uma porta de saida da tua poesia e o engraçado é que está sempre aberta.
Para te situar estou um pouco á frente do poema dedicado ás mulheres vitimas de maus tratos.

Os erros são o menos em poesias que davam belissimas canções e mal acabe o teu tão propicio e entusiasmante livro lançarei no meu blog uma surpresa para ti e uma critica ao mesmo

Otelice disse...

Querido amigo,
Acabo de receber o seu livro e, entre a alegria e a emoção, venho, honrada, agradecer-te a belíssima homenagem. Escrevi uma carta para ti, mas como poderia demorar muito a chegar-te, através dos correios, eu a postei no meu blogue e lá estará até que possas lê-la. Estou profundamente agradecida pela tua generosidade ao colocar o meu poema num livro teu.Obrigada e um beijo grande no coração. Estarei à espera de que leias a carta que para ti escrevi.

Postar um comentário