sexta-feira, 10 de junho de 2011

Nada mais...








*
Nada mais importa!
Enquanto a vida for para mim
Apenas um precário refúgio…
De felicidade
No qual eu… a minha frágil alma
Tento a todo custo…
Protege-la das garras dilacerantes
Da silenciosa tristeza!

Nada mais importa!
Enquanto a intransponível muralha…
Dos meus sonhos multi-floridos
Não venha já amanhã…
A desmoronar-se perante o meu mundo
De cega utopia
Da qual eu… noite e dia
Alimento o incontrolável vício
De uma linda deusa amar!

Nada mais importa!
Enquanto o fogo da minha paixão
Não conseguir incinerar…
A indomável besta da solidão
A qual eu… tantas vezes me rendo
Após não ver… aquele lindo raio de amor
Que um dia irá me guiar…
Até aquele… meu prometido coração
Que eu tão loucamente quero amar!

Nada mais importa!
Enquanto esta minha loucura
Não vir a sarar
Embora eu acredite, que tal...
Jamais virá a acontecer
Porque afinal... eu;
Nesta minha tão doce loucura
Quero continuar sempre a viver!

*apollo_Onze@




Imagens by net (Google)


Musica by Metalica in "Nothing Else Matter"

5 comentários:

Flávio Miguel Mota Pereira disse...

vieste para matar saudades, não foi, apollo? já andava a ver quando aparecerias.
Parabéns

Vanessa disse...

Há uma delicada beleza em cada uma de suas palavras. Há melancolia,há profundidade... é belíssimo!
Gostei imensamente, porém gostei ainda mais de sua doce visita ao meu jardim (nosso jardim). Não desapareça, embora compreenda que o trabalho muitas vezes nos tomam muito tempo.
Obrigada pelo carinho, meu querido.
Excelente fim de semana para você

Vanessa disse...

Acabei de responder ao seu doce comentário, obrigada!
...
beeijo

Anônimo disse...

E nada mais quase se pode acrescentar a um texto onde o sentimento nostálgico, transborda de uma límpida fonte de amor e pura paixão. No entanto acrescento algo mais a este texto, que tu meu doce amigo continuas a ser para mim a pessoa mais linda e apaixonada que até hoje já conheci!

Beijinhos cheios de carinho e com muitas saudades tuas.

Tua incondicional amiga, Ana Liza.

Anônimo disse...

OBRIGADA BEIJO

Postar um comentário