sexta-feira, 26 de junho de 2009

Perfume de Mulher








*Mulher tu és…
Raio de luz permanente
Precioso cristal noite e dia reluzente
Fonte de beleza incessante
Brisa quente afável e tão inundante
Aroma primaveril tão refrescante
És… púrpura chama cativante
Arco-íris de felicidade cintilante
Pétala frágil de rosa tão perfumante
Licor de mel macio e embriagante
Lago de pura paixão efervescente
Melíflua melodia viciosa e tão exultante
Exímio feitiço de serpente
Fascínio sempre presente
Pura sedução eloquente
És… puro perfume envolvente
Magia sempre constante
Coração terno e apaixonante
Dócil regaço reconfortante
Voz meiga a cada instante
Sorriso verdadeiro e tolerante
Doce olhar tão cativante
Tu és… inequivocamente
Mulher…
Um verdadeiro e admirável ser…
Sejas tu… descomprometida, noiva, casada
Viúva ou divorciada
De cor, ou idade indiferenciada.
Tu serás sempre... pelos homens admirada
Por alguns deles até… eternamente amada
Por outros, infelizmente… tão maltratada.
Mas acredita… por muito que tu Mulher…
Sejas por esses covardes, constantemente maltratada
A tua tão sublime beleza e genuína natureza, como ser…
Jamais alguma vez será por eles, a ti… arrebatada!


*Dedicado a todas mulheres do mundo, muito em especial
à minha Musa inspiradora de sempre.



A.Soares (apollo-onze)

Atenção imagem by net (Goolgle)

4 comentários:

Rosemira disse...

OLá meu grande amigo Amândio!

Esse poema deixou o perfume das flores com inveja...
Deixou o encanto de suas palavras penetrar profundamente no coração e nele gravar a brazas vivas dando sentido ao viver...

Acompanhado pela música que leva-nos ao limite da alma,sorri,mirei-me e no tempo voei!

Encanto e magia !

Obrigada por esse poema que me encantou!

Beijos carinhosos!
Sua amiga!
Rosa

Lice Soares disse...

Querido poeta, obrigada por todos os poemas. Obri9gada por este, então, sensibilizando em sua homenagem a nossa alma de mulher.Em nome de todas as mulheres, curvo-me, aplaudo, agradeço-te.
Beijos do Brasil.

FatinhaMussato disse...

Amândio, querido amigo e grande poeta!

Quero agradecer, como mulher que sou, por esta homenagem a nós dirigida... Só podia mesmo vir de uma alma tão sensível e encantadora como a tua! Meus aplausos, querido poeta!

Beijinhos e carinhos do meu ao teu coração!

Fatinha.

Doroni Hilgenberg disse...

Você foi muito feliz em nos descrever de um modo tão sublime e encantador.
Sou grata pela parte que me cabe e me sinto privilegiada, porque agora, sou mais mulher!
bjs

Postar um comentário