domingo, 29 de novembro de 2009

Ao teu lado...













Se alguma vez te perguntarem

Quem eu fui?

Gostaria que a tua resposta fosse apenas…

Que fui um louco apaixonado por ti

Que tudo fiz para ao teu lado sempre estar

E que de todas, as nossas promessas escritas no ar

Apenas uma ficou por realizar

Mas que o tempo, quiçá, acabará por isso emendar

Gostaria que tu confessasses…

Que eu… por mais ninguém até hoje, nunca senti

Tudo aquilo que eu, na verdade sempre senti por ti

Se alguma vez te perguntarem…

Quem eu sou?

Gostaria que respondesses apenas…

Que ainda continuo a ser louco por ti

E se necessário for eu, até me imolarei

E nas cinzas brancas em que me transformarei

Eu, de imediato, ao vento tão feliz me aliarei

Para ele, a qualquer momento, até ti me levar

Para na tua tão perfumada pele, eu poder-me entranhar

E nas suas profundezas, eu feliz para sempre lá ficar

Se alguma vez te perguntarem…

Quem amanhã eu serei?

Queria que a tua resposta fosse apenas…

Que serei sempre o mesmo que um dia, nasceu para te amar

Aquele que mesmo que á amanhã o sol se recuse ao mundo brilhar

Ele em um ardente raio de sol só para ti se transformará

Pois ele é, como uma fonte de luz, que jamais se esgotará

Mesmo ele sabendo que, ao teu lado

Permanentemente, de alma e coração, não possa estar

Se alguma vez tu… te interrogares…

Se eu, na verdade, para ti existi ou existo?

Peço-te… para te entregares perdidamente…

Á magia das palavras que te escrevo neste momento

Quase todas elas transformadas

Em… ardentes e suaves carícias, de um esotérico vento…

Que oxalá ele… sopre tão convincentemente

De tal forma… que se pareça tão igual… a mim mesmo!

“Em cada sonho uma linda história de paixão vivida

E em cada despertar… sempre uma triste e inconsolável despedida.”

(apollo_onze)

Escrito em, Birmingham (Reino Unido) a 26/11/09

Postado em, Rouen (França)

Imagem by net Google

Amândio Soares (apollo_onze)

2 comentários:

Débora Francis disse...

Que bela história de amor em linda poesia...

"O amor sentido, dedicado, vivido... Amaste de forma plena e não há quem diga o contrário". Nem mesmo o ser amado!

"Quando um homem ama verdadeiramente, é porque é a primeira vez que ama." (Oscar Wilde)

Um lindo domingo e uma maravilhosa semana amigo.
Beijo

Anônimo disse...

Um inalterável compromisso, com passado, presente e futuro. Um louvável e admirável compromisso de alguém que utiliza a palavra "amo-te" de uma forma convicta e muito sentida. Lindo texto, com um final divinal e uma melodia espectacular.
Amei de verdade!
Beijos carinhosos p/ti meu adorável poeta amigo.

Ana Lisa...

Postar um comentário