quarta-feira, 17 de março de 2010

Sempre tu!


Desde Cuando | Upload Music



Encontrei-te um destes dias

Depois de eu tanto te procurar

Depois de tantas vezes de contigo sonhar

Depois…

De tantas prosas o meu apaixonado coração

Á tua imaculada imagem ter-te cegamente dedicado

Fez-se silencio…

Olhei para ti como que enfeitiçado

E tu…

Diante de mim nada dizias

Apenas esboçavas aquele tão teu doce sorriso

Enquanto a brisa com os teus longos cabelos brincava

E o meu rosto nos teus cristalinos olhos se espelhava

Pronunciei teu nome sem a minha boca sequer abrir

Acolhi-te nos meus braços sem os sequer esticar

Beijei-te loucamente sem os teus ardentes lábios sentir

Amei-te desenfreadamente sem escutar o teu coração

Adormeci tão feliz ao teu lado num leito de ilusão

Acreditando que sonhar contigo já não seria mais preciso

Acreditando que o meu sonho não era repetido

E que a saudade a tua imagem tivesse para sempre despido

E que a minha febril e obstinada imaginação

Á realidade tivesse-se finalmente rendido!

E afinal eu…

Não te encontrei

Mas não desisto nem nunca desistirei

De noite e dia te procurar

Pois eu sei que acabarei por te encontrar…






Escrito em Skanderborg (Dinamarca) em 11/3/2010

Musica by Alejandro Sanz - Desde Cuando


Imagem by net Google


A-Soares (apollo_onze)


7 comentários:

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...

Sempre tu! Meu lindo "Romeu" cegamente apaixonado não abdicando um milímetro sequer da sua tão imaculada "Julieta". Mais um texto sublime e maravilhoso que encaixa que nem um luva na musica que tu escolheste para suporte deste e repito, sublime e maravilhoso texto. Em minha sincera opinião tu deverias ser "condenado" a mil anos de amor e felicidade por partires alguns corações femininos que por aqui passam, não só pelos teus sempre originais e magníficos textos como também, pelas lindas e maravilhosas musicas que tu aqui, neste romântico blogue colocas.

Tu és simplesmente lindo meu querido amigo parabéns eu admiro-te imenso.

Ana Liza

Ps
Espero que desta vez o meu comentário fique gravado ou seja que à terceira seja de vez. Rsrsr

flavio miguel mota pereira disse...

tu e os belos versos de amor.
acho que quanto mais amor sentes mais espantoso e incrível és na poesia sobre o tema, o que me deixa contente.

solta a tua força meu amigo, lança o teu amor seja no porto ou em Vigo. Sempre estaremos contigo

Chica disse...

Consegues colocar pra fora todo o amor que vai aí dentro de ti e te expressas muito bem...Quanto ao comentário por lá, por favor, não permita que nenhuma formiga ou bando delas roam( formiga rói???)teus caules ou as tuas bases. És muito maior e mais forte! Acredita em ti e vai pra frente...Fica bem,isso é o que te desejo!abração,tudo de bom,choica

Anônimo disse...

És o meu poeta apaixonado, obrigada bj.
c.q

Rosemira R.Silva(Rosa D Saron) disse...

Meu doce amigo Amândio!

Viagei em tuas palavras...
Como comentar?
As palavras morrem-se lentamente em meus dedos que tremulos tentam equilibrar sobre as teclas...
És um estilista que dá vida e corpo á uma musa encantada...
Rsrsrs...musa esta que enfeitiçou-te para sempre!
Deixou-me como uma estátua por vários segundos...tive de me beliscar para ver se não estava sonhando...
Tu tem a essência do mais perfumado amor e deixa ele transparecer em tua escrita dando aos que te leem um mundo encantado!

Ha deixe eu parar pois já estou a chorar...snif...snif...snif!

Parabéns meu doce amigo!
Mil beijinjos doces!

Rosa

Fátima disse...

Isso mesmo, não desista!
Pode até ser que fique desapontado agora, mas o amor não vai embora. Creia!
Principalmente para quem o tem no coração.
Parabéns !

Postar um comentário